Eleição da Mesa diretora movimenta os bastidores. Quem será?

Entre o mesmo e as novas possibilidades, tudo pode acontecer inclusive nada. Mas...

Por Click Metropolitano em 19/11/2020 às 11:37:40

FoxPB

Quem será o no presidente da câmara de Cabedelo, ou será a recondução da atual mandatária da casa do povo, a reeleita vereadora Graça Rezende?

Não há indicação ainda por nenhum dos eleitos e reeleitos parlamentares mirins e as direções podem ser diversas, entretanto limitadas em números. Pelo menos assim está, nos bastidores após o resultado das urnas, já se tem uma intensa movimentação sobre este assunto que é crucial para o executivo e para alguns no legislativo cabedelense que almeja protagonismo.

No certo, é que, há duas situações que podem ser tomadas e três caminhos que são colocados para uma destas situações. Em uma destas situações pode-se reconduzir a atual presidente, e assim seguir com o status quo, alterando minimamente a composição da mesa. Da atual mesa, foram reeleitos, Graça Rezende a presidente, José Pereira vice-presidente, Divino Felizardo primeiro secretário. O atual vereador Valdir Tartaruga que é o segundo secretário não foi reeleito.

Em outra situação, pode haver uma parcial ou total renovação da mesa diretora, algo que não estaria em dissonância com o que veio das urnas. A renovação da câmara de Cabedelo em mais de 50% é uma clara indicação de que o povo de Cabedelo espera mudanças e renovação. Neste sentido para a presidência poderemos ter um estreante, que segundo informações repousa em dois nomes. Eleitos com votação expressiva, os dois nomes são como diria, bola da vez, ambos em perfeita consonância com o executivo.

Ambos estão no páreo, ambos sendo analisados pelos seus páreas, é certamente vencera aquele que for mais moderador e consensual entre estes. Aquele que, em mínima análise demonstrar flexibilidade nas decisões e obtiver a empatia de todos ou ao menos de maioria. Esse deve ser o perfil do novo presidente caso essa direção de renovação seja tomada, o que, será uma boa indicação da casa quanto ao que veio das urnas. Uma reposta positiva, uma indicação de que há entendimento.

Embora não estejam evidentes aos olhos da cidade os movimentos que estão acontecendo, sabe-se que a eleição da mesa já tomou rápida atenção entre aqueles que seguirão na próxima legislatura, diga-se que horas após o resultado. Como diz o bordão, tudo na política pode acontecer, inclusive nada.

Fonte: click Metropolitano