GASTOS DE CAMPANHA: candidatos a prefeito de Cabedelo somam R$ 163 mil em gastos; um deles gastou quase 80% do total - CONFIRA VALORES

Por Click Metropolitano em 13/11/2020 às 15:48:28


Os sete candidatos a prefeito de Cabedelo já gastaram, ao todo, R$ 163.007,50 durante a campanha eleitoral no município. Dos sete, três não registraram gastos. Do outro lado, apenas um deles acumula 79,86% do total de gastos.

São candidatos a prefeito de Cabedelo: Cézar Silva (PSB), Damião (PT), Dr. André (PDT), Marcos Patrício (PSOL), Morgana Macena (MDB), Paulo Nogueira (DC) e Vitor Hugo (DEM).

Os dados são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e têm como referência esta sexta-feira (13), às 11h24, data de fechamento desta matéria. Confira os valores individualmente a seguir (a distribuição dos candidatos está em ordem alfabética):

Cézar Silva (PSB) – Cézar Silva é um dos candidatos que não apresentaram gastos até o momento. A sua página no TSE registra R$ 0,00. A última atualização desse dado foi no dia 23/10.

Damião (PT) – O candidato do PT é quem menos gastou para a campanha eleitoral. Até o momento foram apenas R$ 1.500,00. O valor representa apenas 0,92% do total.

Dr. André (PDT) – Dr. André é o segundo candidato que mais gastou. Até agora foram R$ 24.327,30 investidos na sua campanha.

Marcos Patrício (PSOL) – O candidato do PSOL, Marcos Patrício, também não registrou gastos de campanha. Sua página consta R$ 0,00. A última atualização desse dado foi no dia 25/10.

Morgana Macena (MDB) – Candidata do MDB, Morgana Macena gastou até o momento R$ 7.000,00.

Paulo Nogueira (DC) – Outro candidato que não teve gastos registrados foi Paulo Nogueira. Sua página também consta R$ 0,00. A última atualização desse dado foi no dia 25/10.

Vitor Hugo (DEM) – Candidato à reeleição, Vitor Hugo é quem mais gastou até o momento. Foram R$ 130.180,20, o que representa 79,86% do total.

Para Cabedelo, o limite legal de gastos para cada candidato a prefeito é de R$ 235.920,40.

Esses dados estão disponíveis para qualquer cidadão através da plataforma DivulgaCand, do Tribunal Superior Eleitoral. Nela, é possível saber quanto cada candidato recebeu para sua campanha, e de quem, assim como também pode saber quanto cada candidato já gastou em sua campanha, e a finalidade desse gasto.

Fonte: Polêmica Paraíba

Comunicar erro

Comentários